Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Visita ao Forte dos Andradas

Publicado: Terça, 13 de Novembro de 2018, 12h25 | Última atualização em Terça, 26 de Abril de 2022, 20h25 | Acessos: 34781

Cartão Vermelho e Preto de Serviços de Manutenção

 

 

fachada

  • A visitação ao Forte dos Andradas é TOTALMENTE GRATUITA  (Obs: O Forte dos Andradas informa, existem sites com ingressos falsos para à visitação  ao Forte dos Andradas);

  • As visitas ocorrem nas terças sábados e domingos às 9h;

  • As visitas só poderão ser agendadas pelo e-mail: fortedosandradas@1bdaaaae.eb.mil.br, com antecedência mínima de 48 horas;

  • Horário de atendimento por e-mail: de Segunda à Quinta das 10h às 16h30 e Sexta das 8h às 11h;

  • O tempo estimado da visitação ao Forte dos Andradas é de aproximadamente 2 horas e 30 minutos de caminhada;

  • Da entrada do Forte ao início da trilha, o deslocamento é feito com veículo próprio do visitante;

  • Não é permitido o consumo de bebida alcoólica no interior do Forte dos Andradas;

  • É permitido fotografar/filmar apenas área do Sítio Histórico, não sendo permitido fazer imagens dos prédios que abrigam as atuais estruturas militares da Brigada;

  • Não haverá visitação em caso de mau tempo (chuva), por motivo de segurança;

  • Aconselha-se que o visitante conduza algo para hidratação (água) e consumo (barra de cereal, frutas, biscoito, outros) durante a visitação. Não há local para venda de quaisquer alimentos no interior do Forte.

  • ATENÇÃO: A VISITAÇÃO DO FORTE HISTÓRICO NÃO CONTEMPLA A UTILIZAÇÃO DA PRAIA DO MONDUBA.

 

• Circuito de Visitação:

- Mirante SP 10;

- Mirante do General;

- Túnel do Sargento;

- Bateria Histórica;

- Canhão 01, Observatório;

- Canhão 02.

 

• Agendamento:

- Formulário: Clique aqui.

 

• Perguntas Frequentes:

- Perguntas: Clique aqui.

 

• Termo de Responsabilidade:

- Termo de responsabilidade visita ao Sítio Histórico (obrigatório e trazer preenchido e assinado): Clique aqui.

- Termo de responsabilidade para visita escolar: Clique aqui.

 

Política de Visitação

 

Protocolo específico de combate ao COVID-19

  • O uso da máscara é obrigatório durante toda a visitação, podendo ser retirada somente caso o visitante vá fazer um lanche durante o passeio. Cabe a cada visitante trazer a sua.
  • É obrigatório passar pela triagem antes de entrar. Não será permitida a entrada de pessoas com temperatura acima de 37.8ºC.
  • A entrada de visitantes será limitada para permitir o distanciamento social.
  • O distanciamento deve ser respeitado em todas as áreas e não será permitido aglomerações.
  • É obrigatório seguir as orientações do uso dos assentos, fazendo uso apenas dos espaços liberados.

Utilização das áreas  históricas do Forte dos Andradas:

  • É permitido fotografar e filmar. Não utilizar o flash nas áreas internas.

  • Não é permitido fumar nas áreas internas do Forte;

  • Não é permitida a entrada e a permanência no Forte sem camisa ou em trajes de banho;

  • Crianças com menos de 10 anos devem estar acompanhadas de um responsável;

  • Não é permitida a entrada de animais, exceto cães-guia;

  • O Sítio Histórico possui áreas com piso irregular e com desnível. Crianças e pessoas com dificuldades de locomoção devem estar assistidas por um acompanhante;

  • Em respeito aos demais visitantes, deve-se evitar falar ao telefone nas áreas de exposição interna;

  • Esta é uma área militar sujeita à legislação específica;

  • Não são permitidas manifestações político-partidárias;

  • Não é permitido o uso de drone na área do Forte;

  • Não é permitido a utilização de skate, patinete ou patins na área do Forte;

Contamos com a sua colaboração! Aproveite a sua visita!

 

79 anos de História

Forte dos Andradas

             

 

      Em 10 de novembro de 1942, era inaugurado o último forte do Brasil: o Forte do Monduba que, em conjunto com a Fortaleza de Itaipu, formaria o Sistema Defensivo da Baía de Santos, onde se encontrava, à época, o maior porto exportador do Brasil.
      Posteriormente batizado como Forte dos Andradas, em homenagem aos ilustres santistas José Bonifácio (Patriarca da Independência), Antônio Carlos e Martim Francisco de Barros, foi criado para abrigar a 5ª Bateria Independente de Artilharia de Costa e quatro “peças” equipadas com “obuseiros”, isto é, canhões Krupp de 280 mm de calibre e tiros com 12 KM de alcance. Além de um observatório, onde havia uma luneta e dois telêmetros que faziam o cálculo das coordenadas das embarcações, a fim de determinar a distância e a localização de navios que se aproximavam da baía.
      Escavado na rocha, o Forte dispõe de uma arquitetura militar tipo “casamata ativa”, isto é, uma instalação fechada de tuneis arqueados, um de 200mt e outros dois de 50m cada, que abrigavam a cozinha, o refeitório, o banheiro, a sala de comando e mais seis depósitos de munição, além da casa do gerador (139 volts e trifásico). É um posto de artilharia totalmente recoberto pelas árvores, que formam uma “cortina invisível”.
      O Forte dos Andradas está localizado no Morro do Monduba, uma área de preservação permanente de 2,1 milhões de m² de ecossistemas associados. É um amplo Parque de Mata Atlântica, rico em biodiversidade.
      Nossos obuses não são mais “peças” de guerra, desde 1972. Hoje, porém, têm a missão de preservar a história do Exército e da Nação brasileira.

     E aí, pronto para voltar no tempo? O Parque Histórico Forte dos Andradas foi criado para proporcionar a você, nosso visitante, cultura e diversão.

       
       
Fim do conteúdo da página